8 de jan de 2009

oSSos do Ofício - Segunda história de Hoje.

Eu trabalhava em uma loja de grife de moda masculina no centro de Belo Horizonte, e lá tinhamos um colega que era vendedor também, mas com pouco grau de instrução.
Acontece que, toda vez que ia fazer um crediário, o vendedor que atendia o cliente que preenchia a ficha para o cadastro fazer o resto.
Um dia esse nosso amigo vendedor, chama-se Braga, foi atender um cliente, e ao perguntar o endereço o senhor disse: "Olha eu atualmente mora na rua Assis Chateaubriand, mas estou para mudar para outro endereço semana que vem, qual você quer anotar?"
Braga, que não sabia escrever esse endereço, resolveu dar uma de esperto, "Ah, é melhor você me da o endereço novo mesmo, que já fica atual" disse o vendedor ao cliente.
"Está ok, é rua Oscar Trompowski"
Como? duvidou Braga.
OSCAR TROMPOWSKI em alto e bom som, respondeu o cliente.
"faz o seguinte, eu vou adiantar a roupa lá dentro, vai preenchendo aqui fazendo favor" Esquivou-se Braga entregando a ficha para o cliente preencher.


Essa aconteceu com o Paulo Cesar de Belo Horizonte.
Quer nos contar a sua história também? mande para istoeumespanto@gmail.com com créditos.

Nenhum comentário: