15 de jan de 2009

oSSos do Ofício

Meu nome é Sandra, eu contratei um moço para mexer no jardim aqui de casa, cortar a grama, podar umas plantas, e combinei para ele vir no dia seguinte cedo.
Bem, ele chegou no dia seguite as 7 horas da manhã, abri o portão, e ele foi para o jardim.
Lá para as 10 horas da manhã, desci ao jardim para acompanhar o serviço e para a minha surpresa ele nem tinha começado.
— "Seu João, porque o senhor ainda não começou o serviço?"
— "Sabe o que é dona, saco vazio não para em pé"
Me compadeci do homem, pois pensei, talvez ele veio pra cá sem comer nada, fui a minha casa, e preparei um rico café da manhã para ele.
Realmente ele comeu como se estivesse dias sem pôr nada no estômago, e eu entrei novamente.
Passado uns 20 minutos fui ao jardim novamente, seu João, sentado num cantinho quieto que nem ele, e o serviço nem sequer pôs a mão.
— "Ô seu João, até agora o senhor não mexeu em nada?"
— " Sabe o que é dona, saco cheio num 'droba' né"

Enviado por Sandra Alves por e-mail (mas não colocou a cidade)

Você também pode nos enviar seu texto para istoeumespanto[arroba]gmail.com