22 de jan de 2009

oSSos do Ofício

O caso é engraçado, mas verídico.
O farmacêutico Claodemiro Suzart, candidato do PTB à prefeitura de Feira de Santana, decidiu fazer o comício de encerramento da campanha na rua do Meio, na zona do meretrício.
E jogou o verbo : “o povo precisa estudar a vida dos candidatos, desde o nascimento deles, os lugares onde nasceram, para saber em quem votar direito.
Por exemplo, Alnold Silva, da UDN, nasceu em Palácio, nunca falou com o povo.
O que ele é ?
- Candidato dos ricos – gritava a multidão-
É isso mesmo.
Não pode ter o voto de vocês.
E Fróes da Mota, candidato do PSD, nunca sentiu o cheiro de povo.
Só gosta mesmo é do gado de sua fazenda. O que ele é ?
- Candidato dos fazendeiros – delirava a galera-
Isso mesmo.
Não pode ter o voto do povo.
Já eu, meus amigos, nasci aqui, nesta rua do Meio, a mais popular de Feira de Santana.
E eu,meus amigos, o que eu sou ?
Lá do fundo da turba, um gaiato soltou a voz:
- Filho da puta.
O comício acabou ali.

Eu vi no Blog do Rigon, que por sua vez viu no no Porandubas, do Migalhas

Nenhum comentário: