9 de dez de 2008

Piada de Hoje.

Depois de comparecerem ao velório de um colega, dois motoristas de ônibus começam a filosofar.

— Poxa, quando eu morrer... — diz o primeiro, emocionado.

— Tomara que seja de forma apoteótica, numa trombada daquelas!

— Eu não! — diz o segundo.

— Quero morrer como meu avô:

tranqüilo, dormindo. E não berrando e gritando como os passageiros do ônibus que ele dirigia...

Nenhum comentário: